O Blogue das Bibliotecas Escolares / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Escolas Alfredo da Silva surge com o objetivo de manter informada toda a comunidade educativa sobre os recursos que se vão adquirindo, as atividades que se realizam e outros assuntos considerados de interesse.
Lançamos, desde já, um desafio aos nossos visitantes no sentido de nos fazerem chegar as críticas e as sugestões que considerem pertinentes para que possamos melhorar este serviço indo ao encontro das expetativas e interesses de todos.


quarta-feira, março 21, 2012

Dia Mundial da Poesia



Desde 1999 que, no dia 21 de março, se comemora o Dia Mundial da Poesia. Para assinalar a data, o Centro de Recursos Educativos dinamizou uma atividade que levou dezenas de “detetives” a procurar poemas que se encontravam espalhados pela escola. O prémio luminoso que receberam, em troca do seu desempenho, foi muito apreciado e disputado. Eis algumas imagens:

Dezenas de poemas foram distribuídos por diferentes espaços da escola.



Depois dos nossos detetives encontrarem o poema que lhes calhou em sorte, chega o
momento da verdade! 
A resposta à pergunta estará certa? A D. Lena encarrega-se de confirmar.


ESTÁ CEEEERTO!


Parabéns a todos os participantes!

quarta-feira, março 07, 2012

Dia Internacional da Mulher

No dia 8 de março comemora-se  o Dia Internacional da Mulher. Sabes por que razão?



Em março de 1857 cerca de 130 operárias de uma fábrica de tecidos em Nova Iorque fizeram greve para reivindicar melhores condições de trabalho. Pretendiam, nomeadamente, reduzir a jornada de trabalho diário para 10 horas, quando lhes eram exigidas 16 horas e a equiparação aos salários dos homens no desempenho de tarefas iguais (as mulheres chegavam a receber um terço do salário dos homens).
As operárias ocuparam a fábrica como forma de se refugiarem da violenta repressão a que foram sujeitas pelas forças policiais. No dia 8 de março de 1857, a polícia trancou as portas, impedindo a saída das tecelãs que se encontravam no interior e ateou fogo ao edifício. Todas as operárias morreram carbonizadas.
Este acontecimento chamou à atenção para as causas femininas e, em 1910, numa conferência na Dinamarca, a ativista dos direitos femininos, Clara Zetkin, propôs que no dia 8 de março se passasse a comemorar o Dia Internacional da Mulher, em homenagem às tecelãs mortas e como forma de chamar à atenção para as questões femininas.
Em 1975, a data foi oficializada pela ONU (Organização da Nações Unidas).

Se quiseres saber que outros acontecimentos importantes marcaram o dia 8 de março (e não só), vai ao CRE e informa-te.

quinta-feira, março 01, 2012

Vídeos divertidos!



A professora Catarina Gonçalves fez questão de partilhar com o nosso blogue os dois filmes que se seguem. Em ambos, os livros estão presentes de forma divertida. 





Escritor do mês de março - Isabel Allende




Isabel Allende nasceu no dia 2 de agosto de 1947 em Lima, Perú. Filha de Tomás Allende, um funcionário diplomático do Chile que era primo de Salvador Allende, o primeiro presidente socialista do Chile, e de Francisca Llona, conhecida como "doña Panchita".
Nos anos de 64 e 65 Isabel viveu em Bruxelas e na Suiça, regressando ao Chile em 1966.
Até 1974, Isabel faz parte da primeira equipa editorial da revista Paula e tem a seu cargo a rubrica “Os Impertinentes”. Em 1975, depois do assassinato de Salvador Allende, Isabel e a família vão para a Venezuela e ali permanecem 13 anos, durante a ditadura chilena. Neste país colaborou no periódico El National de Caracas.
Em 1981, ao receber a notícia que o seu avô de 99 anos está a morrer, Isabel começa a escrever uma carta que acaba por se converter no manuscrito da Casa dos Espíritos.
Em 1990 Isabel regressa ao Chile, agora democrático, e recebe o prémio Gabriela Mistral das mãos do presidente Patricio Aylwin.

Isabel Allende tem uma vasta obra que está traduzida em diversas línguas.

Para saberes um pouco mais sobre Isabel Allende, vem ao CRE.

No Centro de Recursos Educativos encontram-se disponíveis vários títulos desta autora. Eis alguns:


  
     


                     


BOAS LEITURAS!