O Blogue das Bibliotecas Escolares / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Escolas Alfredo da Silva surge com o objetivo de manter informada toda a comunidade educativa sobre os recursos que se vão adquirindo, as atividades que se realizam e outros assuntos considerados de interesse.
Lançamos, desde já, um desafio aos nossos visitantes no sentido de nos fazerem chegar as críticas e as sugestões que considerem pertinentes para que possamos melhorar este serviço indo ao encontro das expetativas e interesses de todos.


terça-feira, janeiro 22, 2013

Poema da quinzena







Para Ti

Foi para ti
que desfolhei a chuva
para ti soltei o perfume da terra
toquei no nada
e para ti foi tudo

Para ti criei todas as palavras
e todas me faltaram
no minuto em que talhei
o sabor do sempre                                                           

Para ti dei voz
às minhas mãos
abri os gomos do tempo
assaltei o mundo
e pensei que tudo estava em nós
nesse doce engano
de tudo sermos donos
simplesmente porque era de noite
e não dormíamos
eu descia em teu peito
para me procurar 
e antes que a escuridão
nos cingisse a cintura
ficávamos nos olhos
vivendo de um só
amando de uma só vida

Mia Couto

terça-feira, janeiro 15, 2013

Por mares nunca dantes navegados


Encontram-se expostos no CRE trabalhos realizados por alunos das turmas A e B do 8º ano, no âmbito da disciplina de História, onde as especiarias trazidas pelos navegadores portugueses são a grande atração. Clica na imagem abaixo e vê algumas fotos da exposição. Mas, o cheiro... só se vieres ao CRE.



sexta-feira, janeiro 11, 2013

Novidades no CRE



Encontram-se disponíveis no C.R.E. novas coleções de livros para leitura orientada em sala de aula.


  

  


Foram ainda adquiridos:  


 


BOAS LEITURAS!

quinta-feira, janeiro 03, 2013

Poema da Quinzena



Fábula da fábula

Era uma vez
Uma fábula famosa,
Alimentícia
E moralizadora,
Que, em verso e prosa,
Toda gente
Inteligente,
Prudente
E sabedora
Repetia
Aos filhos,
Aos netos
E aos bisnetos.
À base duns insetos,
De que não vale a pena fixar o nome,
A fábula garantia
Que quem cantava
Morria
De fome.

E realmente...
Simplesmente,
Enquanto a fábula contava,
Um demónio secreto segredava
Ao ouvido secreto
De cada criatura
Que quem não cantava
Morria de fartura.


Escritor do mês de janeiro - Álvaro de Magalhães




  Álvaro Magalhães nasceu em 1951 na cidade do Porto. Iniciou-se na escrita em 1980 com a publicação de alguns poemas e poesias. Dois anos depois escrevia o seu primeiro livro para crianças – História com Muitas Letras. Desde então Álvaro Magalhães traçou o seu caminho na atividade editorial portuguesa como autor de textos de grande originalidade, quer pelos temas escolhidos quer pelo seu tratamento. A sua obra integra contos, poesia, narrativas juvenis e textos dramáticos. Na escrita que é dedicada às crianças, a imaginação e as palavras são usadas com tal sensibilidade que apelam permanentemente à imaginação e ao sonho.
Considerado, logo desde o início da sua carreira literária, um dos mais importantes escritores da sua geração, pela originalidade e singular irreverência da sua obra, Álvaro Magalhães foi, consecutivamente entre 1981 e 1985, premiado pela Associação Portuguesa de Escritores e pelo Ministério da Cultura, por cinco dos seus livros para crianças História com Muitas LetrasO Menino Chamado MeninoIsto é que foi Ser!Histórias Pequenas de Bichos Pequenos e O Homem que não Queria Sonhar e outras Histórias.
Recebeu uma Menção Honrosa no Prémio Nacional de Ilustração 2000 para o livro O Limpa-Palavras e outros Poemas (ilustrado por Danuta Wojciechowska).
Foi Nomeado para a Lista de Honra do IBBY (International Board on Books For Young People) em 2002, com O Limpa-Palavras e outros Poemas.
Recebeu o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens 2002, modalidade de texto literário, para o livro Hipopóptimos – Uma História de Amor.
  Integrou a delegação portuguesa ao Salão do Livro de Genebra de 2001, em que Portugal foi convidado de Honra. Neste mesmo ano, o título Hipopóptimos – Uma História de Amor foi selecionado para integrar o Projecto BARFIE (Books and Reading For Intercultural Education), que visava a construção de uma biblioteca europeia composta por obras de reconhecida importância para a promoção da educação intercultural.

 No Centro de Recursos Educativos podes encontrar estes e muitos outros títulos deste autor:






BOAS LEITURAS!